Image and video hosting by TinyPic
Domingo, 7 de Abril de 2013

NO DIA EM QUE A LIBERDADE CELEBRA O SEU 39º ANIVERSÁRIO

A AJA, com o apoio da Câmara Municipal de Setúbal, realiza no próximo dia 25 de Abril, pelas 18h, no Fórum Luísa Todi, o concerto “AJA Sempre”, com a participação dos músicos Chullage, Francisco Fanhais, Titina Rodrigues, AJA SEMPRE 25 DE ABRIL

Para comemorar Abril, a Associação José Afonso (AJA) junta vários artistas no palco do Fórum Luisa Todi, em Setúbal do Coral Infantil de Setúbal e do grupo “Sons da Gente”. A apresentação do espetáculo ficará a cargo da atriz Maria do Céu Guerra.

 

Maria do Céu Guerra, reconhecida atriz e encenadora portuguesa, iniciou a sua carreira no Teatro Experimental de Cascais. Em 1976 fundou “A Barraca”,companhia de teatro que dirige com Helder Costa e na qual centra atualmente a sua atividade.

 

O Coral Infantil de Setúbal foi fundado a 24 de novembro de 1979. Sob direção do maestro Nuno Batalha, o Coral Infantil de Setúbal conta com cerca de 50 coralistas entre os 6 e os 16 anos de idade.

 

Chullage, nome artístico de Nuno Santos, é um rapper português filho de pais cabo-verdianos. É ativista e administrador de uma associação de apoio social na Arrentela, freguesia do Seixal. Tem dois álbuns editados.

 

O projeto Sons da Gente foi concebido a pensar na recriação de alguns temas que fazem parte do património da música popular portuguesa. É composto pelos músicos Cristina Abreu (voz e percussão), Vítor Paulo (guitarras e voz), Luís Maravilha (baixo, voz e percussão), Jorge Costa (saxofones, flauta e percussão) e João Silva (bateria, voz e percussão).

 

Titina Rodrigues, um dos destacados nomes dos géneros musicais morna e coladeira de Cabo Verde, é natural de S. Vicente. Começou a cantar com apenas 12 anos e já realizou concertos nos mais conceituados palcos portugueses.

 

Francisco Fanhais é intérprete da música portuguesa de intervenção. Através da música tornou-se o expoente máximo dos católicos progressistas que se demarcavam progressivamente da ditadura. Em 1969 lança “Cantilenas”, o seu disco de estreia. Impedido pelo Estado Novo de cantar, de exercer o sacerdócio e de leccionar nas escolas oficiais, emigra para França em 1971. Regressa a Portugal após o 25 de Abril de 1974. É atualmente presidente da AJA.

 

Para mais informações contatar:

António Sequeira/Helena Carmo

265 236 168 (a partir das 15 Horas)

:
Etc e Tal às 13:52

Link do Post | Comentar
partilhar

SETÚBAL E ARREDORES - Cláudio Fernando:


SETÚBAL E ARREDORES - Cláudio Fernando:

.. ..

ARQUIVOS

 

Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30