Image and video hosting by TinyPic
Quarta-feira, 30 de Dezembro de 2015

OS 3 DO GOVERNO

MONHE COSTA.jpg

Mais crescimento, melhor emprego e maior igualdade são os três desígnios do Governo

António Costa reafirma em entrevista ao “Correio da Manhã” e à CMTV que a ação do Governo assenta em “três desígnios fundamentais: mais crescimento, melhor emprego, maior igualdade” e serão eles, sublinha, “os parâmetros de avaliação do sucesso ou do insucesso da nossa governação”.

 

Para cumprir estes desígnios, o primeiro-ministro aponta uma vez mais como objetivo o virar da página da austeridade que durante quatro anos “asfixiou o poder de compra das famílias, não reforçou a confiança nem aumentou o investimento”.

“É nossa convicção que o virar da página da austeridade e a reposição do rendimento das famílias constituem, a par da criação de condições para que as empresas possam investir, os dois pilares fundamentais para que a economia possa ser relançada”, afirma.

Acrescentando que com “os dados que temos agora, e com as medidas já aprovadas”, o objetivo é também “reduzir a carga fiscal, quer nos impostos diretos, quer nos impostos indiretos”, já que “é com esta política que queremos conduzir a viragem da trajetória económica de Portugal nos próximos anos”.

 

Diversificar o financiamento da Segurança Social

Na entrevista, António Costa garante a sustentabilidade do sistema de Segurança Social, adiantando que o Governo, conforme consta do programa, vai mexer diretamente no sistema através da “diversificação das fontes de financiamento”.

Assim, explica, “em vez de baixar a taxa do IRC, vamos deixar as taxas como estão e indexar parte dessa receita ao financiamento da Segurança Social”.

Mas o primeiro-ministro insiste na tecla de que o número de contribuintes “é uma base económica da maior importância”, lembrando que o “problema maior” que a Segurança Social tem tido nos últimos anos resulta do efeito que o desemprego e a emigração têm tido na redução do número de contribuintes”, o que se traduziu numa perda de oito mil milhões de euros de receitas.

Por isso, António Costa defende que “colocar a criação de emprego como uma das prioridades é estar a criar condições para uma maior sustentabilidade da Segurança Social”.

 

(AUTOR

J. C. Castelo Branco

DATA

29.12.2015

FOTOGRAFIA

Partido Socialista

Etc e Tal às 16:08

Link do Post | Comentar
partilhar

SETÚBAL E ARREDORES - Cláudio Fernando:


..

TRADUTOR
TRANSLATOR

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish
... Image and video hosting by TinyPic ..

..
TOTAL VISITANTES
DESDE JUNHO 2007
Web Counter
NESTE MOMENTO OBRIGADO PELA VISITA ...

BLOG BARREIRO

"A PARAGEM DO 18"

Clique na imagem

<

...

SETÚBAL E ARREDORES - Cláudio Fernando:

... ...
.. ..

ARQUIVOS

Image and video hosting by TinyPic ..

..

-

.. Image and video hosting by TinyPic .. ...
CLIQUE AQUI:
... ...

-

 

Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30